Como Cantar Melhor: 11 Estratégias Que Seu Professor de Canto Não Te Ensinou

''Ela é tão talentosa!''


''Eu gostaria de cantar assim, mas eu não consigo ser afinado''.


Todos nós já ouvimos comentários assim milhares de vezes...


Até daqueles que querem cantar melhor do que todos...


Mas estão presos no seguinte senso comum:


''Você precisa nascer assim. Ou você tem ou você não tem.''


A verdade é dura...que cantar é uma habilidade como qualquer outra. E ela pode SIM ser aprendida.


E enquanto alguns raros indivíduos vão soar mal não importa o que...


A grande maioria de nós vai cantar mal na primeira vez que tentarmos...mas depois a tendência é melhorar com a prática.


Pelo menos, isso é o que deveria acontecer na teoria.


Infelizmente, a realidade é que muitos cantores praticam por anos e anos sem ver melhoras. E o que é pior...muitos deles nem percebem isso.


E isso acontece não porque elas não nasceram para cantar. Isso acontece porque eles não sabem COMO PRATICAR.


Então para o post de hoje, meu objetivo é evitar que você tenha esse destino compartilhando 11 estratégias simples para construir uma rotina efetiva de prática que vai melhorar e muito seu canto num curto período de tempo.


Vamos começar...


Parte 1: Achando Seu Estilo


A 1ª razão pela qual cantores medíocres continuam medíocres é...


Eles nunca desenvolvem realmente um senso próprio de identidade e estilo.


Por exemplo...pense nos participantes de programas como American Idol ou The Voice...


Ao final dessas competições...


É justo dizer que todos os finalistas chegam a um nível mínimo de qualificação de ''bons cantores'', certo?


Eles chegam nas notas com força, precisão e harmonia, e parecem razoavelmente confiantes em si mesmos no processo.


Mas deixe eu te perguntar uma coisa...


''Quantos daqueles nomes você ainda lembra...anos após o programa?''


Talvez um ou dois. Talvez nenhum.


Porque a grande maioria é facilmente esquecível, apesar dos aplausos da platéia e todos os elogios dos jurados.


''Então o que falta pra eles?''


Para descobrir, vamos comparar com o extremo oposto: Aqueles músicos você ouviu e amou toda sua vida, muitos deles considerados cantores terríveis pela ''técnica'' padrão.


A razão pela qual nos lembramos de alguns poucos nomes em um mar de outros que passaram durante as décadas...é simplesmente porque eles tinham seu estilo único...


• que ninguém nunca teve antes

• e que possivelmente ninguém nunca mais terá


...enquanto todos aqueles cantores do The Voice mais pareciam clones produzidos em uma fábrica.


Então a VERDADEIRA questão aqui é...


''Como desenvolver um estilo próprio?''


E nessa parte do post, vamos discutir exatamente isso.


Começando com...


1. Desenvolva uma Atitude Confiante


Diferente de bateristas, baixistas e guitarristas...


Quando você é um cantor...suba no palco...e abra sua boca...


Não tem nada que você possa esconder.


O público sabe exatamente quem você é, e como você se sente naquele momento...


Porque eles irão ver nos seus olhos, no seu rosto e na sua linguagem corporal...e mais importante, eles vão sentir na sua voz.


Então se você não se sentir 100% confiante (ao menos enquanto estiver no palco).


Não importa se sua performance estiver ''tecnicamente perfeita'', porque tudo que eles vão lembrar é o cheiro do seu medo e sua insegurança.


E isso vai distanciar as pessoas.


A próxima pergunta é:


''Como você desenvolve essa confiança?''


Bom, enquanto existem várias maneiras de criar uma ilusão de ter confiança...


Como todos nós sabemos através dos primeiros episódios de cada temporada do The Voice...confiança forçada é ainda pior do que insegurança.


Então a MELHOR opção é simplesmente se tornar objetivamente confiante, melhorando genuinamente o seu canto.


Por isso, pelo resto desse artigo, vamos focar em competência.


Apenas tenha em mente que sem confiança também, todo o resto não funciona.


Sacou? Proximo...


2. Encontre um Local Para Treinar Onde Ninguém Possa Te Ouvir


Um dos maiores bloqueios mentais para um cantor tentando cantar BEM...


É não se permitir cantar MAL.


Sempre que estiver aprendendo uma música nova ou técnica...


Você vai errar muitas vezes antes de aprender como fazer certo. É apenas como as coisas funcionam.


O problema é...


Quando você pratica em um local em que colegas ou vizinhos podem te ouvir...e você está minimamente inseguro com o fato de estarem te ouvindo...


Você nunca vai dar 100% da sua energia e foco para praticar, porque você vai estar com medo de cantar mal.


Isso fica muito mais crítico quando você está desenvolvendo potência na sua voz. E é provavelmente a principal razão pela qual apenas poucos de nós chega naquele volume e potência que é capaz de surpreender as pessoas.


É muito difícil lidar com o pensamento dos outros rindo enquanto você grita na sala ao lado.


Uma maneira possível de contornar esse problema é gastar meses e anos trabalhando a sua confiança até você não ligar mais para o que os outros pensam de você...


Mas é muito mais FÁCIL achar um local isolado onde você possa praticar sem ser ouvido.


Então se isso for possível para você...é a melhor opção.


E quando os outros finalmente te ouvirem gritar, você definitivamente não vai mais ligar porque você saberá que está cantando maravilhosamente bem.


Em seguida...


3. Aqueça Sua Voz Cantando Uma Música


Assim como qualquer outro músculo no seu corpo...


As cordas vocais precisam de um ''aquecimento'' antes de trabalhar.


Por isso que tenho quase certeza que você já viu vários exercícios de aquecimento.


E enquanto eles tem seu valor, pois muitas vezes são exercícios específicos para uma determinada técnica...


Outra ótima opção é cantar uma música para aquecer a voz.


Pois como já discutimos antes...cada cantor tem seu estilo próprio...e cada um tem sua combinação única de movimentos musculares.


Portanto cantar uma música de maneira relaxada e com menos esforço vai aquecer seus músculos naturalmente.


Comece com 1 ou 2 músicas mais fáceis para você, que estão em um registro confortável.


Assim, quando estiver se sentindo bem, vá para suas músicas mais desafiadoras.


Em seguida...


4. Não Cante Por Cima De Outra Voz


Um GRANDE erro que cantores aspirantes fazem...


É praticar cantando junto com a voz original de um outro cantor.


O problema com esse método é que você nunca se ouve de verdade...


Porque sua voz está sempre mascarada pela performance do outro cantor.


E é muito fácil enganar sua mente para acreditar que aquele som maravilhoso que você está ouvindo vem da sua própria voz...e não de outra pessoa.


Ao invés disso, tenha certeza que não há nenhuma outra voz competindo com você durante a prática.


Na primeira vez que você fizer isso, provavelmente não será muito confortável, porque você vai finalmente ouvir a sua verdadeira voz.


E você vai descobrir que você não canta tão bem como imaginava.


Mas é necessário perceber o que você está fazendo de errado, para poder corrigir e finalmente cantar bem. Faz sentido?


Próximo...


5. Aprenda a Tocar Um Instrumento


A grande vantagem de aprender a tocar um instrumento...


É que você sempre terá a possibilidade de ter um acompanhamento musical enquanto estiver cantando.


Os melhores instrumentos para isso são:


1. Violão ou Guitarra

2. Piano


...pois são os dois instrumentos mais versáteis para isso.


Mesmo que seja difícil no começo aprender algo novo...isso vai melhorar e muito não só seu canto, mas sua musicalidade em geral no longo prazo.


6. Pratique Todos Os Dias Um Pouco


Diferente de outros instrumentos musicais...


Que podem ser praticados 12 horas por dia ou mais se necessário...


Você só pode cantar durante um certo tempo até que sua cordas vocais fiquem cansadas.


Para a maioria das pessoas isso acontece entre 30 minutos e 2 horas...sendo 1 hora a média.


E quando você ama cantar...essa 1 hora passa rápido, não é mesmo?


Portanto...se você realmente quer ficar bom nisso, a ÚNICA maneira é praticar todo santo dia, não importa a circunstância.


• E você deve continuar nos próximos anos...para se tornar o cantor que você sempre sonhou.

• E você deve fazer isso não só para se TORNAR um bom cantor, mas também para se MANTER como um bom cantor.


Porque mesmo depois de aprender uma música, se você não continuar cantando ela regularmente, sua ''memória muscular'' tende a esquecer com o tempo.


Em seguida...


7. Aprenda a Controlar Sua Respiração


Um dos sinais mais óbvios de cantores fracos...


É a incapacidade de controlar sua respiração.


Exemplos típicos disso podem incluir:


• Ficar ofegante entre frases musicais

• Perdendo o fôlego ao final de frases mais longas

• Respirações curtas no meio das frases musicais


E ao menos que eles sejam cantors, a maioria dos ouvintes não vão perceber esses problemas, ao menos não conscientemente.


Mas ainda vão sentir emocionalmente. E mesmo que todos os outros aspectos da sua performance estejam corretos, a impressão geral de você será de um cantor medíocre.


A boa notícia é...você pode melhorar o controle da sua respiração simplesmente ficando consciente dela enquanto pratica. E sempre tentando extrair o máximo de som com o mínimo de ar nos seus pulmões.


E você pode até testar sua habilidade com os seguintes exercícios:


1. Cante uma única nota em um volume relativamente alto.

2. Marque quanto tempo você consegue manter a nota.

3. Faça o mesmo exercício regularmente e tente melhorar.


E se você realmente leva a sério cantar, comece (ou continue) a ir na academia para melhorar não só sua capacidade pulmonar mas sua saúde em geral.


Próximo...


8. Cante Em Um Microfone De Vez Em Quando


A primeira vez que as pessoas ouvem uma gravação da sua própria voz, cantando ou falando...


Elas ficam surpresas e pensam a mesma coisa:


''Não acredito que essa é a minha voz!''


Porque naquele exato momento...


Elas finalmente se dão conta que a maneira como a voz delas soa dentro de suas cabeças...é completamente diferente de como soa para o resto do mundo.


O que acontece é o seguinte:


Normalmente quando falamos, sua voz viaja em linha reta, da sua boca para o ouvido das pessoas, com o mínimo de distorção.


No entanto...para chegar ao SEU ouvido, o som precisa viajar por volta e por dentro da sua cabeça, causando mudanças nas frequências, resultando em um som único que APENAS VOCÊ vai ouvir.


E o motivo pelo qual as pessoas odeiam ouvir o som de sua própria voz gravada é porque isso conflita com a perspectiva que elas tem de si mesmas.


Não é um som pior, é apenas diferente. E é por isso que nos incomoda.


E você não precisa se preocupar com isso se você não canta. Mas...se você canta, isso é uma GRANDE questão se você nunca se ouviu como os outros te ouvem, certo?


A sorte é que você pode consertar esse problema simplesmente construindo um mini home studio para você. E gastar ao menos METADE do seu tempo de prática cantando em um microfone...


Para que você possa ouvir sua voz como todos ouvem e fazer os ajustes necessários.


Outra GRANDE vantagem de cantar em um microfone é que você vai aprender a técnica de como cantar com microfone.


Que é uma habilidade totalmente diferente de cantar ''acusticamente''. Algo que muitos cantores amadores não percebem.


E se você quer que muitas pessoas ouçam você cantar um dia (o que estou assumindo que você quer)...faz sentido dedicar muito do seu tempo aprendendo uma habilidade que vai te ajudar nesse objetivo.


Em seguida...


9. Aprenda a Ouvir e Acertar As Notas


Diferente de guitarristas, que tem trastes para ajudar a achar as ''notas certas''...


E pianistas, que tem teclas...


Cantores são alguns dos poucos músicos que não tem nada para ajudá-los a não ser seus próprios ouvidos.


Por isso você assumiria que, em geral, cantores são aqueles que tem a melhor percepcão de tom comparado a outros membros de uma banda.


Certo?


Ironicamente, a verdade é exatamente o oposto.


Tipicamente, cantores tem a pior percepção de tom dos membros de uma banda.


Toque uma nota na guitarra, peça ao cantor para cantar essa nota, e muitos não conseguem! O que é meio vergonhoso se você parar pra pensar nisso.


''E como resolvemos esse problema?''


Em primeiro lugar...aprenda a tocar um instrumento, seja violão ou piano.


Por alguma razão, cantores que tocam instrumentos geralmente tem um ouvido melhor do que aqueles que não tocam nada.


A próxima coisa que você pode fazer é dedicar 10-15 minutos da sua prática diária especificamente ao treinamento do seu ouvido.


Isso é o que você deve fazer:


1. Pegue um instrumento

2. Toque uma nota

3. Tente cantar a nota com sua voz


E é basicamente isso.


Quanto mais instrumentos musicais você fizer isso, melhor você vai ficar em mentalmente separar a nota fundamental do tom do instrumento.


Você também pode usar um gerador virtual de tons, como esse daqui.


No começo, você talvez fique em dúvida se está chegando na nota correta, mas quando mais você praticar, mais fácil vai ficando...


Até que eventualmente você consiga cantar frases inteiras sem pensar.


Agora em seguida...


10. Saiba Quando Adicionar Mais Músicas Na Sua Lista


Uma das primeiras perguntas que cantores tem ao montar sua rotina de treinamento é...


''Quantas músicas eu devo cantar?''


E infelizmente a resposta para essa questão é um pouco complicada.


Por um lado, você não deve trabalhar em muitas músicas ao mesmo tempo...


Porque você nunca vai aprender os detalhes de cada música, o que separa boas performances das realmente boas.


Por outro lado, você não deve trabalhar em poucas músicas ao mesmo tempo, porque você vai naturalmente enjoar delas...


O que vai fazer você se cansar de cantar de maneira geral, e vai te levar provavelmente a parar de praticar de uma vez.


Isso é o que você deve fazer:


1. Comece com uma música e pratique até você se cansar dela.

2. Escolha uma segunda música e pratique até se cansar dela também.

3. Volte para a primeira música e repita o mesmo ciclo.

4. Quando você cansar de todas as músicas atuais (ou sentir que está realmente bom em todas elas), adicione uma nova para a lista.


Com o passar do tempo, sua lista vai continuar a crescer até você chegar em um total de 30-40 músicas. Nesse ponto, a maioria das pessoas sente que se adicionar mais músicas ao repertório...


Elas começam a perder o domínio da lista, porque é simplesmente impossível praticar tantas músicas regularmente de maneira eficiente.


Portanto quando chegar a esse ponto, e começar a ficar cansado da sua lista...você precisa começar a retirar algumas músicas antigas, para dar espaço as músicas novas.


E a partir daí, o processo basicamente se repete pra sempre.


Próximo...


11. Cante Variações Diferentes Das Mesmas Músicas Antigas


Sempre que começar a cansar de uma música...


Ao invés de retirar ela da sua lista...


Outra opção é criar novas variações da música.


A principal vantagem aqui é que isso te dá a chance de não só praticar seu canto, mas também a sua habilidade de compor e improvisar...


O que por sua vez, vai contribuir para sua habilidade de cantar como um todo e ajudar a refinar seu estilo próprio.


Ao invés de ser um cantor que apenas copia o estilo de outro artista.


Você vai começar a trabalhar no sentido de se tornar um ''verdadeiro artista'', que naturalmente acha uma interpretação única de uma música.


Mais especificamente, isso significa que você pode experimentar com:


• Volumes

• Intensidades

• Tom da música

• Tempo


Pratique esses conceitos de maneira consistente e você vai chegar a um nível que poucos cantores chegam.


Um nível em que você nunca vai cantar uma música da mesma maneira duas vezes, mas você vai estar confiante para ir de momento a momento...e cada performance será cativante e única.


E assim concluímos esse post. Boa sorte!


Traduzido do site: E-Home Recording Studio




























2 visualizações